5 PROS e CONS de Splinterlands (PT)

image.png

Estou a jogar SL deste Outubro de 2021 e fiquei viciado facilmente. Como um ex-jogador de Magic e Hearthsone, SL foi o achado perfeito. Passados 3 meses de Splinterlands, aqui ficam as minhas primeiras impressões nesta lista de pontos positivos e negativos. Começando pelos negativos:

image.png

CONS:

1 Não é fácil entrar no jogo.
Mesmo para um veterano de jogos de cartas, a curva de aprendizagem é elevada. O tutorial é bastante bom e ajuda nos básicos, mas ainda assim requer alguma persistência até conseguirmos começar a conhecer as cartas, especialmente as habilidades.

2 O design das cartas.
Não é tão bonito como noutros jogos. Tem um estilo próprio e consistente, é verdade, mas o design é um pouco cartoonesco para o meu gosto.

3 Criptomoedas.
Embora no início seja simples comprar um spellbook e começar a jogar, toda a parte de gestão de SPS, DEC, Hive power pode tornar-se confusa, mesmo para quem tem domínio básico de criptos. Seria bom podermos comprar DEC e SPS diretamente no site.

4 Requer um investimento para ter retorno.
Sim, tecnicamente é possível comprar um spellbook e alugar umas cartas para subir no ranking, mas não é fácil. A política anti-bot de SL dificultou propositadamente os ganhos nos níveis mais baixos para impedir exploits (e ainda bem), mas também tornou mais dificil a tarefa para os pequenos jogadores.

5 Instabilidade no valor do investimento
SL cresceu brutalmente no Verão de 2021 e atraiu muitos novos investidores. No entanto, o valor do SPS e DEC verificou descidas muito acentuadas, que causam algum nervosismo de curto prazo. A longo prazo, certamente só poderá subir.

image.png

PROS:

1 Os jogos são rápidos!
Para quem, como eu, já não tem vida para passar horas a jogar, SL é perfeito. Tem um sistema de "energia diária" que limita o número de jogos que podemos fazer. Em média, dá para 25 jogos por dia. E cada jogo (ou seja, a preparação para o jogo) demora cerca de 3 minutos. Depois podemos até saltar para o resultado final sem ver a batalha ou, se quisermos, estudar cuidadosamente a batalha e tentar perceber o que correu bem e mal, como aprendizagem. E sabermos que por cada vitória estamos a ganhar algum $ é sempre um extra muito aliciante.

2 O jogo é divertido e desafiante No início pode parecer simples e redutor a nossa intervenção no jogo se resumir à escolha das cartas que vão à batalha, mas com o tempo vamos percebendo que nessa mecânica existe muito mais complexidade do que parece. Escolher uma estratégia mediante as regras de cada batalha, a mana disponível e adivinhar as escolhas do adversário é um desafio estupendo e viciante!

3 Tudo é investimento
O lado económico de SL é por si todo um outro jogo, sendo que mesmo para não-jogadores de cartas pode ser muito divertido e lucrativo. Tudo em SL gera dinheiro: as cartas que temos, o DEC, o SPS investido, os terrenos, tudo. Podemos depositar SPS e ficar a ver o retorno a chegar diariamente, ou comprar cartas para as alugar, ou comprar packs para o revender mais tarde, ou investir nas criptos. Tudo é negócio, e nem precisamos de jogar as cartas.

4 A equipa é extremamanete competente
Os developers de SL são altamente ambiciosos, estão a desenvolver o jogo desde 2018 e querem conquistar o mundo digital. Todas as semanas há um Town Hall onde o CEO e outros membros da equipa falam sobre SL, anunciam novidades e respondem a todas as perguntas da comunidade. Para além disso, tudo o que prometem cumprem, sem grandes falhas técnicas.

5 É uma plataforma de futuro
O jogo de cartas é só o início. Em 2022 vamos ter uma app mobile redesenhada (a existente cumpre, mas ainda é limitada), vamos ter mapa e terrenos que abrem muitas possibilidades, vamos ter parcerias com algumas grandes marcas, e eventualmente outros jogos associados ao universo SL. Com uma equipa de 70+ elementos a trabalhar no crescimento, só pode dar certo. Podemos estar a ver uma Blizzard nos seus primórdios.

CONCLUSÃO
Claramente o PROS superam os CONS. Tenho seguido todos os Town Hall e vejo que os CONS estão bem identificados pela própria equipa que está muito focada em tornar a experiência de entrada de novos utilizadores mais suave, a todos os níveis. Sabem que é fundamental continuar a atrair novos utilizadores e fazê-los gostar de jogar. Para os pequenos jogadores é provável que seja implementado um sistema de Scholars, permitindo que grandes jogadores "contratem" outros para jogar por si e dividam os lucros. Quanto às questões de mercado, não podem intervir muito a não ser continuar a adicionar valor à plataforma, para que as suas moedas valorizem com o tempo.
A equipa tem agora milhões para gastar em contratações e inovação, o que me leva a crer que só podem crescer e muito.

Saudações Splinterianas,

Petroni

O meu referal link: https://splinterlands.com/?ref=petroni7

LINKS:
Site oficial: www.splinterlands.com
Beginner's guide de Luke Shaw:


The Splintering, um resumo semanal de novidades: https://www.splintertalk.io/@jackal-bandit



0
0
0.000
2 comments